acrescimento

ou a sabedoria do caracol

Para começar…

“O caracol constrói a arquitectura delicada da sua casca acrescentando espiras cada vez maiores uma a seguir à outra, mas depois pára bruscamente e dá início a enrolamentos que passam a ser decrescentes. É que uma única espira daria à casca uma dimensão 16 vezes maior. Em vez de contribuir para o bem-estar do animal, este passaria a ficar sobrecarregado. Portanto, qualquer aumento da sua produtividade serviria apenas como paliativo para as dificuldades criadas pelo aumento da casca para além dos limites fixados pela sua finalidade. Ultrapassado o ponto limite do alargamento das espiras, os problemas do sobrecrescimento vão-se multiplicar em progressão geométrica, ao passo que a capacidade biológica do caracol não pode aumentar, quanto muito, senão em progressão aritmética.”

Ivan Illich

segundo Serge Latouche

Pequeno tratado do decrescimento sereno

pp.37

Anúncios

No comments yet»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: