acrescimento

ou a sabedoria do caracol

Menos desperdício

PAYT_Dresden

2014 é o Ano Europeu do desperdício alimentar. Mas o desperdício de hoje em dia vai muito para além do que (não) comemos.

aqui tinha, de certa forma, abordado o tema.

Agora deparei-me com um artigo (ver aqui) que mencionava o exemplo da saxónia no combate ao desperdício (ao nível do fim da cadeia, ou seja, no que toca à quantidade de “lixo doméstico” que cada um dos cidadãos produz).

De acordo com a fonte do artigo, uma apresentação sobre o trabalho municipal naquela região da Alemanha (ver aqui), trata-se de um sistema que é mais justo em termos de taxas aplicáveis e, ao mesmo tempo, funciona como um verdadeiro modo de consciencialização da população: a sigla do programa é PAYT, que significa Pay-As-You-Throw, e espelha bem a razão do seu sucesso, quer do ponto de vista dos resultados para o ambiente, quer do ponto de vista dos seus utilizadores.

De facto, sendo um sistema em que se paga na medida do que se deita fora, cada um de nós apercebe-se financeiramente da quantidade de lixo que produz (não fosse a medida “dinheiro que vai para um imposto” um dos melhores métodos de ganharmos consciência para o que quer que seja). E todos ficamos a ganhar.

Anúncios

No comments yet»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: